FBF completa 105 anos de fundação

Por Comunicação FBF , 14 de Set 2018 - 10h08

Hoje é dia de festa no futebol baiano. Dia de celebrar o aniversário de fundação de uma das mais antigas Federações do país.
 
A Federação Bahiana de Futebol completa, neste 14 de setembro, 105 anos de muito trabalho e dedicação ao desporto do estado. Uma história linda, marcada por muitas conquistas ao longo dos anos.
 
A FBF foi fundada em 14 de setembro de 1913. Mas, sua história começou a ser escrita antes, ainda em 1901, quando naquele ano o jovem estudante José Ferreira Júnior, conhecido como Zuza Ferreira, apresentou aos baianos um até então desconhecido objeto que trouxe na bagagem de uma viagem para a Inglaterra. Era uma bola.
 
No Campo da Pólvora, Zuza reuniu os amigos e dividiu o grupo em dois times. Em seguida, ele marcou o gol com duas pedras e deu início à prática do futebol no Estado.
 
Nos anos seguintes, o esporte passou por diversas adaptações. Regras oriundas da Europa foram trazidas e os primeiros clubes foram surgindo no Estado. O primeiro deles foi o Club Internacional de Cricket, em 1903, e dedicado exclusivamente ao futebol. O Club de Cricket Victória, atual Esporte Clube Vitória, foi fundado antes, em 1899, mas passou a praticar o futebol também em 1903. A primeira partida oficial, por sua vez, foi entre Sport Club Bahiano e o Sport Clube Itapagipe. Não demorou muito após o primeiro jogo e o futebol cresceu de uma maneira que foi preciso ser criada uma entidade para dar conta da organização de partidas e campeonatos. Foi aí que, em 1904, surgiu a Liga Bahiana de Sports Terrestres (LBST).
 
A LBST realizou o primeiro Campeonato Baiano em 1905, mas, oito anos depois, passou por uma série de dificuldades e acabou fechada. Porém, a força que o futebol já havia construído não destruiu o sonho e, no dia 14 de setembro de 1913, foi fundada a Federação Bahiana de Futebol, que está localizada na Praça Castro Alves, no Centro Histórico de Salvador, no coração do tradicional Carnaval da capital
.

 
Sede da FBF fica no Palácio dos Esportes, na Praça castro Alves, no Centro Histórico de Salvador (Foto: Carlos Santana)

Ao longo de uma trajetória de de sucesso, dedicação e muito trabalho em prol do futebol baiano, diversos presidentes passaram pela entidade. Entre eles estão nomes como Degrimaldo Miranda, Emanoel Hassellman, Carlos Alberto de Andrade, Márcio Matos, Orlando Gomes, Raimundo Magaldi, Raimundo Viana, Antônio Pithon, Marcos Andrade e Virgílio Elísio.
 
Em 2001, quem assumiu o comando foi Ednaldo Rodrigues Gomes. Natural de Vitória da Conquista, o dirigente tem uma história semelhante à da entidade. Ele foi, aos poucos, construindo sua trajetória no futebol. Sua carreira foi iniciada como jogador amador do União Atlético Clube, da sua cidade. Em seguida, dirigiu a Liga Desportiva Conquistense até chegar à entidade no início da década de 90. Na FBF, foram anos colaborando em diversas diretorias. Entre elas, ocupou a então diretoria do interior e até a vice-presidência, antes de assumir a função de comandante.
 
Sob seu comando, é inegável o crescimento do futebol baiano. Foram diversas conquistas que trouxeram reconhecimento e respeito ao esporte do estado no cenário nacional. O brilho do trabalho lhe rendeu um convite para integrar a chapa que concorreu à vice-presidência da Confederação Brasileira de Futebol neste ano. Foi eleto vice-presidente da entidade nacional, onde trabalhará ao lado do presidente eleito Rogério Caboclo a partir de abril de 2019.
 
Já a FBF terá mais um presidente na sua história. Em janeiro de 2019, assume a entidade o jovem Ricardo Lima, atual vice-presidente, que entrou na Federação como estagiário, traçou seu caminho e foi reconhecido pelo grande trabalho realizado na Diretoria de Registros e Transferências. Lima foi eleito ao lado do advogado Manfredo Lessa, atual assessor jurídico, que voltará a ocupar o cargo de vice-presidente.


Manfredo Lessa, Ricardo Lima e Ednaldo Rodrigues (Foto: Carlos Santana / FBF) 

Competições - Entre as competições realizadas pela FBF, estão o Campeonato Baiano Profissional Série A, Campeonato Baiano Profissional Série B, Campeonato Baiano Sub-20, Campeonato Baiano Infantil e Juvenil, Campeonato Intermunicipal, Campeonato Baiano Feminino, Copa Governador do Estado, e Torneio Seletivo. Estes dois últimos não foram realizados neste ano.
 
Além destes campeonatos, dos quais é a responsável, a FBF também cumpre seu papel de fomentar o futebol em toda a Bahia, apoiando diversas outras competições, organizadas por parceiros. Algumas delas são as Copas Regionais de seleções adultas, organizadas pelas ligas municipais, Copa 2 de Julho de Futebol Sub-15 e Copa Metropolitana Sub-15, elaboradas pela Sudesb, Campeonatos Regionais de Base, promovidas pelo Esporte Clube Vitória, Red Ball Cup, organizada pela Rede Record, a Copa Salvador de Futebol Dente de Leite, em parceria com a prefeitura, a Salvador Cup Sub-16, organizada pelo Esporte Clube Jacuipense, entre muitas outras.
 
Nesta sexta-feira (14), o presidente Ednaldo Rodrigues agradeceu, mais uma vez, a todos que colaboram ou colaboraram para o sucesso da Federação. "Como em todos os anos, desde que assumi a entidade, não posso deixar de fazer estes agradecimentos nesta importante data. Hoje a nossa entidade completa 105 anos de fundação, mas sua história de sucesso não foi escrita apenas por mim. Nós nos congratulamos com todos os gestores que por essa casa passaram, pois deram uma motivação para que o futebol do estado da Bahia crescesse cada vez mais. Agradecemos, também, aos que contribuíram direta e indiretamente para o êxito do nosso objetivo. Fazem parte de todas as conquistas os nossos filiados. São eles clubes profissionais das Séries A e B, clubes de base e futebol feminino, ligas municipais, árbitros do quadro da Federação, torcedores, a imprensa esportiva. Também agradeço, de forma incisiva, aos nossos diretores e colaboradores, que durante os meus mandatos contribuíram, e muito, para fazer da nossa administração um modelo eficiente e bem visto em todo o país. O nosso muito obrigado aos nossos patrocinadores e parceiros, que contribuem para que o nosso futebol seja cada vez mais profissional e os clubes tenham receitas que gerem seus orçamentos, ao Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD-BA), seus auditores e procuradores, e ao Conselho Fiscal da entidade. A Federação Bahiana de Futebol é do futebol baiano, dos seus torcedores, clubes e desportistas, e assim continuará sendo. Tenho certeza que nas mãos de Ricardo Lima e Manfredo Lessa, a partir de 2019, a entidade permanecerá em um lugar de destaque, entre as mais respeitadas do futebol brasileiro", disse o mandatário.
 
Desde o início da manhã, a FBF recebeu diversas manifestações de carinho pela passagem da data. Foram clubes baianos e de fora do estado, Federações de futebol do país, CBF, autoridades políticas e do esporte, membros da imprensa esportiva e parceiros que fizeram questão de parabenizar a entidade pelos 105 anos de fundação.


NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE