CBF divulga regras para trabalho da imprensa no Brasileirão 2020

Por Comunicação FBF, 05 de Ago 2020 - 19h32

No próximo final de semana a começa a rolar na principal competição de futebol do país. O Brasileirão 2020 terá largada nas séries A, B e C.
 
Como de costume, antes do pontapé inicial, a CBF definiu as regras para o trabalho da imprensa nos jogos de todas as séries (A, B, C, D) e também das demais competições nacionais. A entidade divulgou a Diretriz Técnica de 2020.
 
O credenciamento permanece sendo feito pela CBF, no endereço eletrônico credencial.cbf.com.br. Todas as pessoas a serviço do detentor dos diretos de transmissão da competição, jornais/sites, rádios e fotógrafos deverão estar devidamente credenciadas para as partidas, a fim de que tenham autorizado seu acesso ao estádio.
 
O credenciamento deverá ser solicitado até 3 (três) dias úteis antes de cada partida. O acesso dos profissionais de imprensa em cada grupo de competições obedecerá uma série de critérios (confira na íntegra na Diretriz Técnica abaixo).
 
Para TVs detentoras dos direitos de transmissão, a quantidade de profissionais irá variar de acordo com a demanda da partida (confronto, horário e plataforma), mas deverá ficar entre 20 (vinte) e 50 (cinquenta) profissionais por partida. Somente terão acesso à Zona 1 (Campo) e Zona 2 (Competições) os técnicos e câmeras envolvidos diretamente na transmissão da partida. Não será permitido o posicionamento e trânsito de repórteres e produtores nas áreas sensíveis.
 
Para jornais, sites e TVs não detentoras dos direitos de transmissão, será realizado o credenciamento para até 20 (vinte) profissionais no Grupo A, 12 (doze) no Grupo B e 8 (oito) no Grupo C. O acesso se dará a partir de 2 (duas) horas do horário marcado para início da partida, se encerrará 30 (trinta) minutos antes do início da partida e ocorrerá em portão previamente indicado pela CBF. Os profissionais serão posicionados na arquibancada, em local previamente designado pelo Supervisor de Imprensa da CBF, obedecendo o distanciamento de 1 (um) metro entre cada pessoa. A permanência no local será permitida até 1 (uma) hora apo?s o término da partida. Em caso de disputa de pênaltis, o prazo se inicia apo?s a última cobrança. Não haverá acesso a cabines de transmissão ou estrutura interna (sala de mídia, zona mista, sala de coletiva, etc).
 
Para as emissoras de rádio, será realizado o credenciamento para até 20 (vinte) profissionais no Grupo A, 12 (doze) no Grupo B e 8 (oito) no Grupo C – 2 (dois) por veículo. O acesso se dará a partir de 2 (duas) horas do horário marcado para início da partida, se encerrará 30 (trinta) minutos antes do início da partida e ocorrerá em portão previamente indicado pela CBF. Os profissionais serão posicionados na arquibancada, em local previamente designado pelo Supervisor de Imprensa da CBF, obedecendo o distanciamento de 1 (um) metro entre cada pessoa. A permanência no local também será permitida até 1 (uma) hora após o término da partida e, em caso de disputa de pênaltis, o prazo se inicia após a última cobrança.
 
Está vetado, também, o acesso a cabines de transmissão ou estrutura interna (sala de mídia, zona mista, sala de coletiva, etc). Se a presença prévia de 1 (um) técnico for necessária para a instalação de equipamento na arquibancada, este deverá deixar o local antes da chegada do profissional que trabalhará na cobertura da partida. Tal técnico também deverá estar credenciado e com o acesso previamente autorizado.
 
Já para fotógrafos, será realizado o credenciamento para 10 (dez) profissionais no Grupo A, 6 (seis) no Grupo B e 4 (quatro) no Grupo C – 1 (um) por veículo. Duas destas vagas serão preenchidas pelos (as) fotógrafos (as) oficiais dos clubes.
 
Todos devem vestir o colete de identificação normalmente utilizado nas competições coordenadas pela CBF. O material será entregue no portão de acesso, recolhido apo?s o jogo e higienizado entre as partidas. Esse procedimento será realizado nas competições do Grupo A e em algumas competições do Grupo B, a critério da CBF. Todos os indivíduos a serviço da imprensa serão submetidos ao controle de temperatura corporal antes de adentrar ao estádio. Em caso de temperatura acima de 37,5°C, a pessoa será impedida de acessar o estádio e deverá ser imediatamente encaminhada à avaliação médica.
 

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO TWITTER

ENQUETE